sábado, 16 de maio de 2015

Experiência de Hertz - Hertz experiment with electromagnetic waves

Experiência de Hertz - Hertz experiment with electromagnetic waves






A teoria de Maxwell previa a existência de ondas eletromagnéticas, idênticas às ondas luminosas, que se propagam no vazio à velocidade da luz e que consistem na propagação de um campo elétrico e de um campo magnético perpendicular entre si.

O alemão Heinrich Hertz, por volta de mil oitocentos e oitenta e cinco, provou a existência de ondas eletromagnéticas graças à primeira antena recetora de ondas eletromagnéticas (o ressoador) e à primeira antena emissora (o excitador).

As experiências de Hertz permitiram não só validar a teoria de Maxwell, à época muito contestada, mas mostraram também que as ondas eletromagnéticas se propagam e que podem, como qualquer onda luminosa, ser refletidas, refratadas, difratadas, etc.

Hertz determinou ainda a velocidade de propagação das ondas eletromagnéticas e o comprimento de onda, estabelecendo, assim, a sua relação com as ondas luminosas. Estas ondas descobertas por Hertz designam-se por ondas hertzianas.

Foi, contudo, o italiano Guglielmo Marconi quem, em mil oitocentos e noventa e nove, conseguiu produzir ondas hertzianas que, ao serem transmitidas a mais de quinhentos quilómetros de distância, atravessaram o Canal da Mancha. Dois anos mais tarde, Marconi consegue estabelecer a primeira comunicação intercontinental, entre o continente europeu e o americano, por ondas hertzianas – ondas eletromagnéticas.


1 comentário:

  1. Using Car Rental 8 you can discover affordable car rental at over 50,000 locations globally.

    ResponderEliminar